a

Facebook

Twitter

Copyright 2017 DFLAW Advocacia Tributária Empresarial.
Todos os direitos reservados.

8:00 - 18:00

de Segunda à Sexta.

(11) 3504.0414

Fale conosco

Facebook

Twitter

Menu
 

PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017

DFLAW Advocacia Tributária e Empresarial > DFLAW INFORMA  > PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017

PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017

DFLAW Advocacia Tributária e Empresarial df_materias PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017 DFLAW INFORMA Parcelamento Tributário    %Site Name - advocacia tributária.
dflaw advocacia tributaria PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017

Dflaw Advocacia Tributária Empresarial

INFORMA

 

180/2017

 

São Paulo, 23 de março de 2017.

 

Assunto: PRT – Regulamentação – IN 1687/2017 e Portaria PGFN n° 152/2017

 

O Programa de Regularização Tributária – PRT instituído pela MP 766/2017 trata da possibilidade de liquidação dos débitos de natureza tributária ou não tributária.

Em 01/02/2017 foram publicadas as condições estabelecidas pela Receita Federal do Brasil através Instrução Normativa RFB nº 1.687/2017 e em 03/02/2017 a regulamentação por parte da Procuradoria Geral da Fazenda nacional (PGFN) pela Portaria PGFN nº152/2017.

Com a divulgação das regulamentações a adesão ao programa deve obedecer ao cronograma abaixo:

a) Cronograma
> Poderão aderir desde que protocolando exclusivamente na Receita Federal do Brasil os contribuintes interessados no período entre o dia 1°.02.2017 a 31.05.2017;
> Para os débitos administrados pela PGFN de 06.02.2017 à 05.06.2017; e
> Para contribuições Sociais (previdenciárias) previstas no artigo 11 da Lei 8.212/1991, das contribuições instituídas a título de substituição e das contribuições devidas a terceiros de 06.03.2017 até 03.07.2017.
> Relativos as contribuições sociais instituídas pela LC n° 110/2001 deverá ser feita na CEF no período de 06.03.2017 à 03.07.2017.

b) Quem poderá aderir:
As pessoas físicas e jurídicas com débitos de natureza tributária ou não tributária, vencidos até 30 de novembro de 2016.

ATENÇÃO:
Em relação ao débito que for consolidado com valor igual ou superior a R$ 15milhões, deverá ser apresentada carta de fiança ou seguro garantia judicial à PGFN.

 

No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Pular para a barra de ferramentas